Só é Natal quando o Facebook o disser…

Só é Natal quando o Facebook o disser...
Não seja egoísta...Partilhe!
Share on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook

“Meus caro, digo-vos isto com tristeza. Este ano o presépio não têm uma vaca porque está louca e não se segura nas patas; não tem Reis magos pois não podem vir porque os camelos estão para pagamento de dívida ao fisco; a ASAE fechou o estábulo por falta de condições e o tribunal de menores ordenou a entrega do menino ao pai biológico… E antes que me tirem as mensagens à borla aproveito para desejar um Bom Natal e um Feliz Ano Novo.”

Esta introdução servirá para dizer um dia mais tarde…tipo…2015… algo do género: ”No meu tempo era assim!! No Natal recebia….”…E “era” pois já não o é!

Este Natal, como sempre, estava curioso para perceber se iria receber centenas de mensagens de natal sobre as renas e afins. Se nos anos passados por vezes a desculpa do saldo servia para não enviar as mesmas, nos nossos dias com todos os pacotes 4 qualquer coisa, posso afirmar que 90% da minha rede tem sms e chamadas à borla daí que fiquei com esta dúvida.

E o que é que aconteceu? Hoje, 5 de Janeiro posso afirmar que 80% colocaram um post no Facebook a desejar bom Natal, e com toda a gente sinalizada no mesmo! Sem dúvida algo muito irónico.

Antigamente não tínhamos dinheiro no telefone mas lá fazíamos um esforço para render os minutos ao máximo, hoje temos os mesmos ilimitados, ou quase, e nem sequer os utilizámos, mesmo numa época onde supostamente estamos, ou deveríamos estar, mais juntos da família e amigos, partilharmos votos, alegrias e afins. Mas não foram apenas os meus amigos, até as marcas oficiais deixaram as mesmas de lado.

Serve isto apenas para alertar aqueles que ainda não olham para o digital como algo essencial, que o consumidor mudou e não é por ser de borla que o mesmo adere! O consumidor tem hoje diferentes desejos e necessidades e muitos delas passam pelo meio digital, pela exposição, pelo reconhecimento e pelo valor em rede. Profissionais de Marketing ou não, temos de aceitar que o consumidor mudou, que nós mudamos, que as sociedades mudam e evoluem. Uma analogia que me ocorre é, sem dúvida, o caso da famosa miopia do produto. Mudamos ou falhamos!

Espero que em 2015 todos vejam o potencial desta área, nunca é tarde pois ainda estamos na fase de crescimento mas ignorar a mesma é ignorar os consumidores. Bom 2015!

Artigo redigido por:
Jorge Pacheco
Professor Universitário & Consultor
….casado com o digital e apaixonado pelo experiencial…
LinkedIn-Logo-2C

 

Untitled1

Não seja egoísta...Partilhe!
Share on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook
Mobile, ultrapassar ou ser ultrapassado? Artigo anterior Mobile, ultrapassar ou ser ultrapassado? Marketing Digital atinge 25% dos gastos em publicidade Próximo artigo Marketing Digital atinge 25% dos gastos em publicidade