Top 5 das pesquisas mobile (por sector de actividade)

Top 5 das pesquisas mobile (por sector de actividade)
Não seja egoísta...Partilhe!
Share on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook

A percentagem de pesquisas realizadas através de dispositivos mobile é cada vez maior. Passamos mais tempo conectados, mais informados, e mais atentos a conteúdos de interesse, principalmente quando nos encontramos num processo de compra.

Segundo dados da Google, uma em cada três pesquisas realizadas através de dispositivos mobile são feitas de forma a encontrar negócios locais, 61% dessas pesquisas resultam em contacto telefónico e 59% em visitas ao espaço físico.

Grande parte das pesquisas realizadas, são feitas ainda com o intuito de apoiar a decisão num processo de compra, cerca de 79%. Entre os sectores de actividade com maior percentagem de pesquisas em dispositivos mobile está o sector da Restauração, com 29,6%, e o sector Automóvel, com 16,8%. É ainda de realçar a percentagem de pesquisas de informação acerca de Produtos Electrónicos (15,5%), Produtos e Serviços Financeiros (15,4%) e finalmente Beleza e Bem-Estar (14,9%).

Muitos destes dados passam ainda despercebidos a um grande número de empresas, que ainda vêm o mobile como uma ferramenta de dimensão menor quando definem as suas estratégias de marketing. Esta inércia faz com que muitas das visitas a websites, que não são mobile-ready, não resultem em oportunidades de venda ( 6 desculpas mais frequentes utilizadas por empresas que ainda não são ‘mobile ready’! ).

Quer saber como é que o seu site é apresentado em dispositivos mobile? Aceda a esta plataforma e digite o seu URL!

 

Não seja egoísta...Partilhe!
Share on Google+Share on LinkedInPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Facebook
Homem leva expressão Artigo anterior Homem leva expressão "NFC na sua mão" à letra Alibaba faz 1000 milhões de dólares em 17 minutos e 45% desse valor via utilizadores mobile Próximo artigo Alibaba faz 1000 milhões de dólares em 17 minutos e 45% desse valor via utilizadores mobile